“The Albert”

Como falei aqui há 1 ano atrás, no post A nova Jabulani, finalmente divulgaram o nome da bola que será utilizada nos jogos olímpicos de Londres agora em 2012.

O nome está em referência ao Royal Albert Hall, sala de concertos de Londres, que é sinônimo de “bola” na gíria cockney, um dialeto típico do leste londrino.

bola Londres Olimpíadas 2012 (Foto: Reprodução / Mail Online)

Rodolfo

Eventos Esportivos como ferramenta de Branding

Nos dias de hoje, empresas e marcas se vêem, para sobrevivência e perenidade no mercado, com a necessidade de se aproximar cada vez mais de seu atual e possível consumidor. Assim surgem diversas alternativas para agregar valor às marcas.

Por isso, o trabalho de construção e gerenciamento de uma marca junto ao mercado, e não só consumidores finais, mas como todos seus stakeholders, é primordial.

Partindo da tendência de uma vida mais saudável e a visão sobre a importância da prática de esportes no dia-a-dia aliado às diferentes modalidades e identidades que o esporte possui, os eventos esportivos já são utilizados como ferramentas de branding.

O esporte, além de ser sinônimo de saúde e vitalidade, é também muito passional. No Brasil, sabemos como o futebol pode mover isso, tanto para o bem, quanto para o mal, gerando violência em alguns momentos.

Para atingir seus objetivos, marcas utilizam esportes de diversas modalidades (de acordo com a identidade da marca) e em diversas formas.

Uma forma muito utilizada atualmente são as corridas de rua. Além de marcas esportivas, como Nike, Reebok, Fila, etc. Outras se associam à esses eventos, como Pão de Açucar, que tem como identidade o Viver Feliz, e junta sua marca com esses eventos que transmitem um estilo de vida saudável.

Há diversas maneiras de utilizar esses eventos para fixar uma marca, desde organizar corridas, campeonatos de golfe, tenis, entre outros, como também a associação com equipes e campeonatos, por intermédio de patrocínios e apoios.

Um excelente exemplo disso ocorre na UEFA Champions League, campeonato europeu de futebol interclubes. Essse esporte que move paixões por todo o mundo também pode ser uma das maiores alavancas para muitas marcas. A empresa cervejeira holandesa, Heineken, é a principal patrocinadora do evento e move uma forte campanha com essa associação, não apenas na Europa, como no resto do mundo. A marca tem uma forte identidade masculina, até por ser uma das que possuem sabor mais forte das cervejas produzidas em grande escala, e propõe uma identificação nos moldes a de um torcedor com seu clube de futebol. Onde o consumidor, ou torcedor, defende, as vezes beirando a irracionalidade, sua marca/time. A parceria Heineken/UEFA já dura muitos anos e a tendência é de que esse relacionamento se mantenha.

O mesmo acontece em eventos como Copa do Mundo FIFA e Jogos Olimpicos, onde a diversidade é o tema principal. Marcas com presença mundial, como Coca-Cola, Visa, McDonald’s, entre outras são presenças constantes nesses eventos, tanto pelo conceito, como pelo alto investimento.

Mas não apenas marcas de bens de consumo ou serviço, precisam se associar a eventos esportivos, o próprio evento pode ser uma marca, e em certos casos, extremamente rentável. Além da Copa do Mundo e Jogos Olimpicos, o SuperBowl pode ser considerado um dos maiores eventos do mundo e também uma das marcas mais poderosas. A final da liga de futebol Americano, possui em seus intervalos os segundo mais caros da televisão Americana, e suas cotas de patrocínios são das mais altas do mundo.

Além dessas, uma outra forma de utilizar eventos esportivos, é como ferramenta de relacionamento, com convites para esses eventos, camarotes especiais e diversas outras experiências.

Sendo assim, é possível observar que o esporte e eventos esportivos são utilizados de diversas maneiras para construção e manutenção de uma identidade de marca. Uma das sete arenas da comunicação,  o esporte é importante ferramenta de comunicação de uma marca com toda sua cadeia de relacionamento, e consequentemente, uma poderosa ferramenta de branding. Entretanto, esse segment, deve e sera muito mais aproveitados nos próximos anos, tanto por exemplos de sucesso, como os descritos anteriormente, como pela profissionalização de diversas modalidades.

Rodolfo

A nova Jabulani

Após a famosa e controversa Jabulani, a Adidas está realizando uma ação muito interessante. Os fãs poderão escolher o nome da bola das Olimpíadas de Londres 2012.

Quem quiser tentar a sorte deve entrar no hotsite da ação e além de enviar sua sugestão de nome, fazer um breve cadastro. Isso tudo até 28 de fevereiro.

O vencedor terá uma série de privilégios, além do nome criado falado em todo mundo, ganhará uma das primeiras bolas que serão usadas nas Olimpíadas, um par de ingressos para a final da Champions League em Londres, esse ano e participará do lançamento oficial da bola. Já o design ficará a cargo da Adidas mesmo e será revelado apenas no início de 2012.

 

Rodolfo

Abraços da Heineken

A Heineken, além de ser uma das melhores cervejas, sempre mandou muito bem em suas campanhas.

Agora, um ação extremamente simples, fez a convergência do online com o nosso dia a dia. Pra comemorar o 1 milhão de Likes recebidos no Facebook, a marca fez o seguinte. Contratou um grupo de modelos e as colocaram na noite de Amsterdam para agradecer pessoalmente o fãs de Heineken com um singelo abraço.  Simples e eficaz, ótima ação.

 

Rodolfo

 

 

Sponsored Stories

Já escrevi anteriormente sobre o Facebook aqui. Falando principalmente como as empresas devem inovar e buscar a interação do usuário. E o Facebook tornou isso mais fácil.

O Sponsored Stories é o novo formato de publicidade da rede social mais querida do mundo.

Menções, check-ins, like, todas essas atividades no podem virar anúncios no seu mural. Ou seja, se você “curtiu” a página de algum produto, pode ser exibibo no seu mural “Zé curte Nike” mais alguma mensagem promocional.

Algumas marcas já aderiram a esse formato, como: Coca-Cola, Anheuser BuschPlayfish, mais ONGs como Malaria No More, Anistia Internacional, Women for Women, Autism Speaks, (RED), Alzheimer’s Association e UNICEF.

E se você não quiser fazer anúncios sem receber nada, não importa. O máximo que consegue é excluir o anúncio depois de divulgado em seu mural. Não há opção de não participar do sponsored stories. Mas o interessante desse formato é o fato de inserir a marca no nosso dia-a-dia. Se você “curtiu” determinada marca, fez check-in em algum lugar, é pq quer mostrar que usa ou gosta de determinado produto ou marca, sendo assim, nada mais justo do que promover isso.

[ATUALIZADO]

Vi hj no Brainstorm que a Nike já começou a utilizar o Sponsored Stories no Brasil.

http://www.brainstorm9.com.br/social-media/nike-estreia-sponsored-stories-do-facebook-no-brasil/

 

Rodolfo

A experiência no Facebook

O Facebook cada vez mais está se tornando importante. Principalmente como mídia. E com isso cada vez mais aparente, cresce o número de empresas que procuram utilizar essa plataforma para divulgar seus produtos. Só que pensemos como isso pode afetar a empresa, tanto pro bem como pro mal. Democrático como é, o facebook permite que todas as opiniões sejam mostradas, se a empresa não estiver preparada pode sofrer diversos danos a sua imagem.
Aí que mora um ponto extremamente importante, que dependendo da visão, pode ser um problema ou uma grande oportunidade.  As empresas que atigem diretamente o grande público tem agora, a necessidade de “controlar” sua vida online. O que antes era restrito a site próprio, e um ou outro fórum sem muita repercursão está cada vez mais extendido com as diversar interfaces existentes. E como principais temos o facebook, twitter e agora também o fousquare.
Como o foco desse post é o facebook, vou tentar deixar o twitter um pouco de lado. Uma coisa interesante sobre essa vida social, é que a marca querendo ou não, estará presente na rede. Seja porque algum usuário gosta muito de determinado produto ou teve alguma experiencia ruim com a marca. Então, porque não tentar controlar essa presença e dar resposta aos consumidores, mostrar novidades e utilizar como ferramenta de aproximação? Medo.
A voz corporativa da empresa é algo muito complicado. Já tive uma experiencia no departamente de comunicação corporativa de uma grande empresa, e pelo que vi pessoalmente, é realmente muito difícil.  A empresa tem que ter em vista que possui diversos públicos a “agradar”, seja investidores, imprensa, consumidores, formadores de opinião, e com as informações cada vez mais disponiveis, um discurso coerente fica cada vez mais relevante.
Mas falamos muito sobre a importancia das redes sociais, mas agora a Nielsen Online quantificou como as ações nas redes sociais influem nas vendas e na imagen de marca. Alguns dados simples como o aumento de 8% da intenção de compra que aparecem nos comentarios pessoais do facebook, enquanto a lembrança de marca vai para 30%.
Ainda segundo o estudo, realizado entre 800.000 usuários e baseado na análise de mais de 125 campanhas, confirma que a lembrança, notoriedade e também a intenção de compra cresce proporcionalmente ao vinculo pessoal que o usuário mostre com esse produto ou marca.
Sendo assim, os anuncios que são realizados na página de início, que tenta captar a atenção do usuário, tem um menor impacto do que as entradas realizadas voluntariamente.
É preciso entender que comprar mídia social é muito diferente do que comprar uma mídia comum. É crucial entender que não apenas os anuncios que impactam, mas também os usuários que defendem e divulgam a marca voluntariamente são extremamente importantes na estratégia da marca.
O estudo é bem interessante, vale a pena dar uma olhada com mais calma.  Veja aqui
E exemplificando como as empresas estão tentando atingir isso, vou colocar algumas ações que vi nessa ultima semana e que me chamaram bastante a atenção.
Diesel
Chamada de Diesel Cam, é uma instalação que liga o Facebook ao ponte de venda, permitindo que o público faça fotos e publique em suas páginas do Facebook para que os amigos possam comentar. A instalação integra uma camera, uma tela touch e Facebook Connect. O funcionamente é bastante simples, o usuário faz as fotos, entra em seu perfil e pública as que mais gostar.
A Diesel Cam está disponível em duas lojas aquí na Espanha, uma em Madrid e outra em Barcelona.
Veja o vídeo da ação aqui.
Worten (Loja de produtos eletronicos portuguesa)
A partir de segunda-feira, dia 3 de Maio, alguns famosos em Portugal vão começar a testar os produtos incluídos na primeira experiência WortenLAB. Além de caras conhecidas outros 20 seleccionados (que se inscreveram previamente emwww.wortenlab.pt  ) irão experimentar um produto, colocando no Facebook os seus comentários e críticas.
O WortenLAB tem como objectivo lançar uma experiência virtual, na qual o cliente pode testar em casa, durante 30 dias, as novidades tecnológicas da Worten, partilhando ideias e críticas com a restante comunidade do Facebook.
Os produtos em teste são iPhone 3GS 32GB, PS3 Slim, LCD LED 3D Samsung 40C7000, Aparelhagem micro LG FA 164U e Máquina fotográfica Sony Alpha DSLR A380L.
McDonald’s
O Facebook prepara-se para adicionar o recurso de localização geográfica, que vai permitir aos utilizadores indicar de onde estão a atualizar o seu estado. Segundo a Adage o McDonald’s deverá ser a primeira empresa a aproveitar essa funcionalidade com a criação de uma aplicação pela que vai possibilitar que o utilizador informe a sua rede que está escrevendo de um restaurante da rede, mostrando a imagem de algum produto.
“Señoras que se peinan como sus hijas”
Um salão de beleza de Barcelona, iniciou uma camapanha para o Dia das Mães criando um grupo chamado “Señoras que se peinan como sus hijas”(Senhoras que se penteiam como suas filhas).
De seu perfil, esse salão para seus fãs, que postem em seu mural uma foto mostrando que se penteiam como suas filhas.
As cinco fotos com maior numero de votos no domingo dia 2 de maio (dia das mães aquí), ganharam um penteado para suas mães.
Acho que o mais interesante, além da democratização da informação, o Facebook é também uma ferramenta democrática para os anunciantes, onde o tamanho não é importante para uma ação eficiente.
ATUALIZAÇÃO
Vi hoje um artigo no ADWEEK que fala um pouco do que estava dizendo aqui. Bem interessante, vale a pena dar uma olhada.
Rodolfo

Ferrari World Abu Dhabi

A Ferrari tem data marcada para lançar seu primeiro parque temático, o Ferrari World Abu Dhabi. O maior parque temático indoor do mundo, tem como seu principal icone, a cor vermelha.

Uma das principais atrações do parque é chamada Formula Rossa, onde as pessoas entrarão na montanha russa mais rápida do mundo, podendo atingir velocidades de até 240 km/h. Além disso, os visitantes do Ferrari World Abu Dhabi vão ter a disposição mais 19 atrações, entre elas uma viagem através da Itália em uma Ferrari e também uma de agua que simula atravesar o coração de um motor Ferrari 599.

Indo a fundo na experiencia, sei que Abu Dhabi, depois de Maranello, será ponto obrigatório aos amantes Ferrari. Agora vamos esperar se farão outro desses em algum lugar um pouco mais próximo.

Um pouco mais de detalhes aqui http://www.ferrariworldabudhabi.com/ e abaixo um vídeo mostrando um pouco mais de como será o parque.

Rodolfo



%d blogueiros gostam disto: