Archive for the 'No estilo de vida' Category

A nova Jabulani

Após a famosa e controversa Jabulani, a Adidas está realizando uma ação muito interessante. Os fãs poderão escolher o nome da bola das Olimpíadas de Londres 2012.

Quem quiser tentar a sorte deve entrar no hotsite da ação e além de enviar sua sugestão de nome, fazer um breve cadastro. Isso tudo até 28 de fevereiro.

O vencedor terá uma série de privilégios, além do nome criado falado em todo mundo, ganhará uma das primeiras bolas que serão usadas nas Olimpíadas, um par de ingressos para a final da Champions League em Londres, esse ano e participará do lançamento oficial da bola. Já o design ficará a cargo da Adidas mesmo e será revelado apenas no início de 2012.

 

Rodolfo

Abraços da Heineken

A Heineken, além de ser uma das melhores cervejas, sempre mandou muito bem em suas campanhas.

Agora, um ação extremamente simples, fez a convergência do online com o nosso dia a dia. Pra comemorar o 1 milhão de Likes recebidos no Facebook, a marca fez o seguinte. Contratou um grupo de modelos e as colocaram na noite de Amsterdam para agradecer pessoalmente o fãs de Heineken com um singelo abraço.  Simples e eficaz, ótima ação.

 

Rodolfo

 

 

Sponsored Stories

Já escrevi anteriormente sobre o Facebook aqui. Falando principalmente como as empresas devem inovar e buscar a interação do usuário. E o Facebook tornou isso mais fácil.

O Sponsored Stories é o novo formato de publicidade da rede social mais querida do mundo.

Menções, check-ins, like, todas essas atividades no podem virar anúncios no seu mural. Ou seja, se você “curtiu” a página de algum produto, pode ser exibibo no seu mural “Zé curte Nike” mais alguma mensagem promocional.

Algumas marcas já aderiram a esse formato, como: Coca-Cola, Anheuser BuschPlayfish, mais ONGs como Malaria No More, Anistia Internacional, Women for Women, Autism Speaks, (RED), Alzheimer’s Association e UNICEF.

E se você não quiser fazer anúncios sem receber nada, não importa. O máximo que consegue é excluir o anúncio depois de divulgado em seu mural. Não há opção de não participar do sponsored stories. Mas o interessante desse formato é o fato de inserir a marca no nosso dia-a-dia. Se você “curtiu” determinada marca, fez check-in em algum lugar, é pq quer mostrar que usa ou gosta de determinado produto ou marca, sendo assim, nada mais justo do que promover isso.

[ATUALIZADO]

Vi hj no Brainstorm que a Nike já começou a utilizar o Sponsored Stories no Brasil.

http://www.brainstorm9.com.br/social-media/nike-estreia-sponsored-stories-do-facebook-no-brasil/

 

Rodolfo

Coca-Cola ensina o que é experiência de marca no mundo das redes

Como provocar uma experiência de marca efetiva, que se integre a forma como as pessoas se relacionam atualmente?

Esta ação da Coca-Cola em parceria com o Facebook aponta para a revolução nas experiências de marcas, e no uso que elas farão da rede daqui para frente. Provavelmente ainda pouco replicável em larga escala, e com algumas questões de privacidade a serem discutidas, não deixa de ser um case totalmente inovador.

Um ensinamento sobre experiência em 360 graus (confesso que em um local bastante inesperado para mim).

Vale assistir!

Patrocínios e Ativações

No post sobre o Unbound comentou-se um  pouco sobre a importancia do patrocinio como uma experiencia.

Como já havia comentado anteriormente, atualmente vivo em Madrid e estou trabalhando com o Rock in Rio, tanto Madrid como Lisboa. Hoje vou mostrar uma prévia do que os principais patrocinadores do festival em Madrid estão preparando para o evento:

Movistar: A famosa Telefónica, uma das maiores empresas da Espanha a principio fará uma promoção com entradas, além de um produto juntamente com a LG ( outra patrocinadora do evento) um telefone celular, o LG Rock in Rio.

www.movistar.es/rockinrio

Coronita: A cerveja Corona(aqui chamada de Coronita), faz uma das ativações mais bacanas do RiR. Além de uma promoção comum com entradas, fará também uma promoção onde os ganhadores ficarão hospedados em um hotel montado exclusivamente para o festival, dentro da Cidade do Rock em Madrid.

http://www.coronaextra.eu/rockinrio/

LG: Outra ativação bastante interesante, a LG realiza um concurso online com bandas independentes, onde serão escolhidas duas por votação do público e mais três por um juri especializado. Os cinco ganhadores farão shows(que já iniciaram) em um onibus, customizado para essa ação, em estacionamentos do El Corte Inglés nas cidades de Madrid, Barcelona, Valencia, Sevilla e La Coruña.  Após esses shows uma nova votação será realizada e a banda ganhadora tocará novamente nesse onibus, mas dessa vez dentro da Cidade do Rock.

Como já mencionado a LG também lançará um celular com a marca Rock in Rio em conjunto com a Movistar.

http://www.lgtelleva.com/

El Corte Inglés: Uma gigante da Espanha, a loja de departamentos, além de ser um dos principais canais de venda de ingresos terá dentro da Cidade do Rock um espaço de moda (um dos principais focos da marca) onde acontecerão desfiles e ações focados nessa arena.

Além disso, agora, a um mes do festival, em quase todas as semanas, estão acontecendo aulas de dança nas lojas do Corte Inglés, ensinando a dançar musicas da Shakira(que tocará no evento), hip hop e  outros tipos de dança.

http://www.destinorockinrio.es/

Randstad: Uma agencia de empregos, realiza uma ação simples, nem tão inovadora, mas que me parece encaixar bastante. Uma ação chamada Dreamjob Randstad, onde 2 pessoas poderão trabalhar no backstage do Rock in Rio.

http://www.dreamjobrandstad.com

Isso é uma prévia apenas, na próxima semana tentarei colocar o que os patrocinadores portugueses prepararam para o festival, e após o festival mostrarei como foram realizadas esas ativações in loco.

Rodolfo

Experiência dá mais prazer do que produtos

Um estudo realizado pela Cornell University em Nova Iorque, e publicado em diversos portais ontem, revelou o que a gente suspeitava mas não tinha provado oficialmente: gastar o dinheiro em “experiências” como festas, shows e viagens, é mais prazeiroso para nós humanos do que gastar em produtos.

Segundo a pesquisa, a compra de produtos sempre gera a comparação do consumidor com outras pessoas e um espírito constante de competição. Por outro lado, a experiência traz lembranças e realizações bastante pessoais e customizadas, e dificilmente passíveis de comparação. E isso clamaramente deixa as pessoas mais felizes e realizadas.

E qual a importância disso para o mundo das marcas? Total. Se diferenciam altualmente as marcas que geram experiências significas ao seu consumidor, independente do produto comercializado como core business da empresa. As pessoas nao compram uma garrafa de champagne, mas a experiência de celebrar; não compram uma caixa de cerveja, mas a experiência de se reunir com os amigos; não compram uma bicicleta, mas a experiência de qualidade de vida.

A escolha da marca no momento de decisão de compra é e será cada vez mais influenciada pela experiência única e memorável gerada em todos os pontos de contato com aquela marca.

Para ler mais sobre a pesquisa, clique aqui.

Tatiana

Consumo inconsciente

O Instituto Akatu, em parceria com o Fantástico, lançou uma campanha para avaliar qual a consciência ambiental dos brasileiros no consumo.

A campanha foi desenvolvida pela Lew Lara e consistiu na criação de uma imobiliária fictícia com projetos ousados em diversas regiões do Brasil. Ousados pelos lindos designs e comodidade dos possíveis compradores, e pela proposta de agressão total ao meio ambiente em que estariam inseridos. Foram lindos apartamentos na areia da praia, uma piscina natural dentro do mar, um condomínio no meio de uma lagoa, um prédio no morro do bondinho, tudo com designs luxuosos a la Dubai.

A grande conclusão é que não existem limites para a satisfação dos desejos de consumo. Pessoas estão dispostas a tudo para ter o melhor apartamento da praia, mesmo que o preço seja a própria praia.
Campanha brilhante. Pela ideia, pela execução e pela experiência. É fácil falar sobre consumo consciente, difícil é ser consciente na prática do consumo.

Assista o aqui quadro do Fantástico sobre a campanha.

Tatiana

Aprenda a dominar o Google antes que ele domine você!

Olá a todos! Esse é o meu primeiro post e espero deixar esse espaço sempre bem abastecido com coisas interessantes e relevantes.

Eu não poderia começar falando de outra marca senão aquela que mais me fascina, o Google.  Você consegue imaginar o seu dia a dia sem o Gmail, o Orkut, o Youtube e o Google Maps ? Aliás, é por causa desses serviços que você se interessa por um celular com internet 3G , caso contrário não seria assim tão importante. Se um celular com acesso a tudo que o Google disponibiliza já facilita a vida, imagina então um celular desenvolvido pelo próprio Google, que certamente criará mecanismos para que alguns recursos sejam acessados de forma exclusiva pelo “telefone android” Nexus One.

Fique de olho em tudo que o google lança, não subestime o buzz ou o wave, ou você os domina, ou qualquer hora o google te passa pra trás novamente.

Paulo Victor

A Starbucks vende experiência e a Nescafé vende o preço

Estes dias me deparei com esta campanha norte-americana da Nescafé, a meu ver bem assustadora.

Uma vez eu li uma frase do presidente da Starbucks que dizia mais ou menos o seguinte: não estou no ramo de café para atender pessoas; estou no ramo de pessoas, e por acaso vendo café. É isso que a Nescafé pareceu não entender!! Quem paga o que paga na Starbucks, paga pela experiência de estar lá, de poder sentar nas mesas e sofás e ler um bom livro ou conectar-se a internet. De sentir-se bem-vindo ao sentar por horas e horas para estudar ou conversar com os amigos, e não precisar consumir nada. E lógico, além disso contar com todos os benefícios de um café preparado de ótima maneira.

Trendy? Pode ser que sim. Mas parabéns para Starbucks por criar uma experiência de marca tão efetiva que virou moda, hábito, ou como os concorrentes queiram chamar.

Utilizar a comparação com a concorrência para vender um produto sempre me pareceu uma estratégia falha, um tiro no pé. Sempre me faz perguntar: ta, ele é pior, mas qual é o SEU valor? E se amanhã alguma marca oferecer um café de qualidade, alguns centavos mais baratos. Qual será o valor Nescafé?

Eles estão apelando para consumidores que  querem tudo menos perder a comunidade de comprar um café pronto, poder sentar em uma boa poltrona e ouvir uma boa música.

De qualquer forma, vale a pena conhecer o site da campanha, bastante agressivo: http://smartchoice.tasterschoice.com/

E se alguém tiver dados dos resultados em vendas, eu gostaria muito de saber.

Tatiana



%d blogueiros gostam disto: